9 de outubro de 2018

Qual o tempo de utilização do concreto fresco e o que isso quer dizer?

Apesar de sua resistência e versatilidade, o concreto tem data de validade. Mas exatamente o que isso quer dizer?

Apesar de sua resistência e versatilidade, o concreto tem prazo de validade. Mas exatamente o que isso quer dizer? Qual o tempo de validade do concreto? O que é a tal da utilização do concreto?

Vem com a gente em mais um artigo do Juntos na Obra.

O que define o tempo de utilização do concreto?

O concreto é um material perecível, já falamos isso no início do texto. Mas você sabe o que faz com que ele perca a sua “validade”? Então, existem dois motivos principais. Acompanhe com a gente.

Início de pega

Se você segue nosso blog sabe que nós já falamos sobre cura e pega do concreto, mas não custa nada relembrar, não é? Pega é o momento em que os grãos do cimento estão sendo hidratados e estão passando pelo processo químico que resulta no endurecimento da massa.

Mas o que isso tem a ver com o tempo de utilização do concreto?

Por ser o primeiro momento no processo de endurecimento do concreto, caso a mistura não possa ter seu tempo para endurecer e passar por todo o processo, as reações vão ser prejudicadas. E caso isso aconteça a qualidade da resistência do concreto sofrerá interferência, não atingindo o seu máximo possível.

E não precisamos falar o quão perigoso isso é, não é mesmo?

Perda da plasticidade do concreto

Como o nome deixa claro, a perda da plasticidade ou trabalhabilidade do concreto acontece no momento em que a mistura vai se tornando consistente, diminuindo sua fluidez e a possibilidade de se trabalhar com ela. E essa perda pode ser ocasionada pela eliminação da água na mistura ou da redução eficiência dos aditivos que tem como função reduzir a necessidade de água do concreto.

Portanto, o tempo de pega do concreto pode ser prolongado de acordo com a ação de aditivos conhecidos por retardar esse processo. 

Dito isso, qual o tempo de utilização do concreto?

O prazo de validade do concreto

Uma informação que deve ser compartilhada é que os dados mais relevantes quando se trata do tempo de utilização do concreto são encontrados na nota fiscal e devem ser conferidas no momento em que o caminhão betoneira chega até a obra.

Entre as informações fundamentais está a quantidade de água utilizada no traço, já que a utilização da quantidade errada vai comprometer a resistência da mistura, mas principalmente é a hora em que o caminhão saiu da usina.

Dessa forma, podemos confirmar que o prazo de validade do concreto, ao menos se tratando do tipo mais utilizado no Brasil, é de aproximadamente duas horas e meia. E ficar atento a isso é de extrema importância, uma vez que diversos problemas podem ser ocasionados por conta do atraso da chegada do caminhão até o canteiro de obras.

Partindo do princípio que extrapolar esse limite vai colocar toda a construção em risco,o concreto deve ser devidamente descartado nessas situações, salvo orientação específica, condicionando um material especial. E uma curiosidade: para preservar a eficiência do concreto e que ele não seja comprometido, é indicado que o caminhão seja utilizado por no máximo 15 anos com revisões e reformas periódicas e manutenções preventivas.

Trabalhar com concreto é uma fórmula que envolve vários fatores e isso se aplica no que se refere ao tempo de utilização do mesmo: desde extrapolar a quantidade de água, passando até mesmo pelo tempo em que o concreto fica no caminhão betoneira, sua eficiência e segurança começam a partir do acréscimo da água na mistura.

Ficou alguma dúvida? Fala aí nos comentários, nossa equipe está aqui para elucidar todas as dúvidas de vocês. Até a próxima!


Deixe uma resposta

  • Veja Também

    Quer receber conteúdos/novidades
    gratuitamente
    no seu e-mail?